quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Dia mundial dos doentes




No dia mundial dos doentes, pedimos a Nossa Senhora de Lourdes, sua padroeira, que interceda por todos.

Nossa Senhora de Lourdes, rogai por nós que recorremos a vós!

Imagem retirada de Basílica de Nossa Senhora de Lourdes, Vila Isabel - Rio de Janeiro, Brasil

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Nossa Senhora de Madhu – Sri Lanka





Como parte de sua agenda em Sri Lanka, o Papa Francisco visitou hoje o Santuário de Nossa Senhora, em Madhu. O país, dizimado por sangrenta guerra civil por 25 anos, até 2009, recorre à Virgem como intercessora e o Santo Padre diz num trecho de seu discurso: 

"Depois de tanto ódio, tanta violência e tanta destruição, queremos agradecer-lhe por continuar a trazer-nos Jesus, o único que tem o poder de curar as feridas abertas e restituir a paz aos corações destroçados."  

Nossa Senhora de Madhu, rogai por nós que recorremos a vós!


"As origens do Santuário de Nossa Senhora de Madhu remontam a 1544, quando o rei Jaffna, mandou massacrar 600 cristãos de Mannar que, graças à acção evangelizadora dos portugueses chegados à ilha de Ceylon (como se chamava o Sri-Lanka) em 1505. O rei temia o expandir-se da influencia portuguesa. Alguns fiéis que conseguiram escapar ao massacre erigiram no mato um pequeno lugar de oração, pondo a estátua de Nossa Senhora, àrea  onde se encontra hoje o Santuário

Em 1583 alguns cristãos, fugidos novamente à fúria de Mannar, iniciaram a construir igrejas nas proximidades da cidade. Uma dessas Igrejas encontra-se em Mantai e é a primeira “casa” da estátua de Nossa Senhora de Madhu.

Desembarcados em Ceylon no ano de 1656, os holandeses deram início a uma violenta persecução dos católicos. Trinta famílias católicas vão de aldeia em aldeia à procura de refúgio, levando consigo a estátua de Nossa Senhora e, em 1670, se estabelecem em Maruthamadhu, lugar onde se ergue actualmente o Santuário.

Outros católicos fugidos à persecução holandesa juntam-se a eles: De entre eles havia uma mulher portuguesa, Helena, a quem se ficou a dever a construção da primeira pequena igreja dedicada a Nossa Senhora de Madhu.


Por toda ilha se difunde, então, a fama de Nossa Senhora de Madhu, curadora e protectora contra mordeduras de serpente. 


Com a chegada a Ceylon do Padre José Vaz em 1687, o catolicismo volta a reflorescer, e Madhu torna-se, em 1706, num centro missionário.

Em 1872 é colocada a primeira pedra da actual Igreja do Santuário e a estátua da Virgem de Madhu é coroada em 1924, pelo legado pontifício em nome do Papa Pio XI e, em 1944, a Igreja é consagrada. O Santuário de Madhu é, desde sempre, um lugar de oração respeitado e frequentado por fiéis católicos e de outras religiões. 

Não obstante isto, a zona do Santuário não foi poupada pelos combates nos anos passados entre os rebeldes tâmis e as forças governamentais. Mas os bispos do País conseguiram  fazer de Madhu uma zona desmilitarizada, garantindo a segurança dos peregrinos e dos numerosos refugiados que acorreram para essa àrea, fugindo à guerra. Com efeito, a partir de 1990, os 160 hectares de terreno circunstantes ao Santuário acolheram milhares de deslocados devido à guerra, tornando-se num verdadeiro campo de refugiados, reconhecido como tal pelas partes em conflito. 

Em 2001 a imagem de Nossa Senhora foi levada em peregrinação, ao longo de todo o ano, por todos os cantos do país. E depois de sangrentas batalhas (a Cruz), iniciaram em 2004 as negociações de paz que se concluiram em 2009, com a paz definitiva. Por isso, os srilankeses vêem em Nossa Senhora de Madhu um símbolo de paz. 

Em Abril de 2008, o Santuário foi reentregue à Diocese de Mannar e reaberto ao culto em 2010." Fonte

domingo, 11 de janeiro de 2015

Com o terço nas mãos



Com o Terço nas mãos, dirigimo-nos a Vós, Ó Mãe de Cristo, para Vos honrar através da memória do ciclo da salvação e na profundidade rítmica das "Ave Marias", como muitas rosas entrelaçadas num cordão que pomos sobre o coração da mais bela, da mais pura e da mais santa de todas as mulheres.

 Paulo VI

Imagem: Nossa Senhora do Terço (Rua Senhor dos Passos, Centro/Rio de Janeiro)

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Pobreza este Presépio representa



Dos Céus à Terra desce a mor Beleza,
Une-se à nossa carne e fá-la nobre;
E sendo a humanidade dantes pobre,
Hoje subida fica à mor alteza.

Busca o Senhor mais rico a mor pobreza;
Que ao mundo o seu amor descobre,
De palhas vis o corpo tenro cobre
E por elas o mesmo céu despreza.

Como? Deus em pobreza à terra desce?
O que é mais pobre tanto lhe contenta,
Que este somente rico lhe parece.

Pobreza este Presépio representa;
Mas tanto por ser pobre já merece,
Que mais o é, mais lhe contenta.

Luís Vaz de Camões
Imagem de Josefa de Óbidos (1630-1684)

domingo, 14 de dezembro de 2014

Novo centro de Peregrinação Mariana no Peru


A 34 quilômetros da cidade de Catamarca, no Peru, encontra-se o centro "El Rosario de Polloc", do distrito de Encañada, local onde está instalado um novo espaço dedicado a Nossa Senhora. Trata-se do Santuário da Virgem do Rosário, que se tornou um novo centro de peregrinação mariana para os fiéis da diocese peruana.
Ler mais em: http://www.gaudiumpress.org/content/65581-Criado-novo-centro-de-peregrinacao-mariana-no-Peru#ixzz3LrxI4k1o 

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Nossa Senhora de Guadalupe



Nossa Senhora de Guadalupe, rogai por nós que recorremos a vós.

12 de dezembro - dia de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira das Américas.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Imaculada Conceição de Maria


No dia da Imaculada Conceição de Maria, cantemos:

Ó Maria Imaculada,
Doce Mãe da Providência,
Governai a nossa vida,
Com materna assistência.

Consolai-nos na aflição, na dor,
Alcançai-nos o perdão de Deus,
Enas trevas sede a luz,
Conduzindo a Jesus!

Acolhei, ó Mãe bondosa,
Nossas preces, nossos cantos.
Ofendemos vosso Filho,
Nos defenda o vosso manto.

Se é tão doce confiar em vós,
Que alegria não será vos ver!...
Concedei-nos, Mãe de Deus,
Vos saudar lá nos céus!

Foto: Imagem da Imaculada, na Paróquia Imaculada Conceição Recreio, no período da festa da Padroeira 1 a 8/12/2014