segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Nossa Senhora das Dores

Aos pés da Cruz de seu filho agonizante, a mãe de Deus e sempre Virgem, Maria, sofreu as dores que lhe havia anunciado o velho Simeão no templo, "Tua alma será atravessada por uma espada de dor" (Lc 2,35), no dia da apresentação de Jesus.

15 de setembro - Celebração de Nossa Senhora das Dores.

Imagem: Mater Dolorosa de El Greco

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Prece


Virgem Mãe e criatura
Pura só entre os mortais
Graça alcançai, Virgem pura
Que se graça me alcançais,
Eu terei graça e ventura.

Dai-me graça com que faça
Com graça o que hei-de escrever,
Porque se graça hei mister
Sendo Vós cheia de graça
Graça me heis de conceder.

soror Maria do Céu, in Nossa Senhora na História e Devoção do  Povo Português
Imagem: Albrecht Dürer - Mains priant

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Nossa Senhora da Penna - Plano inclinado

Interior da igreja. Foto mlc
Plano inclinado. Foto de "O Globo", 24/8/2014

A Igreja Nossa Senhora da Penna é um marco, visível para quem entra e sai da Linha Amarela em direção à Zona Norte.

No alto do morro de Jacarepaguá, lá está ela sempre sorrindo para quem a olha. Visitá-la é questão de honra, não só para os devotos da padroeira dos artistas, poetas, escritores, cientistas, jornalistas, mas também para quem quer conhecer um pouco da história do Rio e apreciar do alto uma vista única.

O acesso, que antes se dava somente por uma ladeira íngreme, foi facilitado pelo recém-inaugurado plano inclinado, no âmbito das comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro.

A festa anual, em setembro, certamente atrairá mais fieis e turistas, pela possibilidade de tal conforto para chegar ao topo do penhasco.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Nossa Senhora Rainha




Hoje, 22 de agosto, a Igreja celebra a Virgem Santa Maria Rainha.

Salve Rainha, mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve!
Rogai por nós que recorremos a vós!

... "9. Assim, baseando-se nas palavras do arcanjo Gabriel, que predisse o reino eterno do Filho de Maria, e nas de Isabel, que se inclinou diante dela e a saudou como "Mãe do meu Senhor",(9) compreende-se que já os antigos escritores eclesiásticos chamassem a Maria "mãe do Rei" e "Mãe do Senhor", dando claramente a entender que da realeza do Filho derivara para a Mãe certa elevação e preeminência." 

CARTA ENCÍCLICA AD CAELI REGINAM DO SUMO PONTÍFICE PAPA PIO XII, in http://www.vatican.va/holy_father/pius_xii/encyclicals/documents/hf_p-xii_enc_11101954_ad-caeli-reginam_po.html
Imagem: Internet

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Hino do centenário das aparições de Fátima


Hino do Centenário das Aparições de Fátima (1917- 2017):

"Mestra do Anúncio, Profecia do Amor".

1.   Ouvindo o arauto da Mensagem,
Ó terra eleita que o Espírito lavra,
Também dizemos: oh! cheia de graça,
Sois serva e mensageira da Palavra.
Saudada por todas as gerações:
Feliz entre as mulheres, sois, Maria!
Bendito o Anjo que Vos precedeu:
Custódia, como vós, da Eucaristia.

Ave o clemens, ave o pia!
Salve Regina Rosarii Fatimae!
Ave o dulcis Virgo Maria!

2. Os pastores e os magos acorreram,
Louvando tão alta maternidade.
Com eles, procuramos Jesus Cristo
Que do Céu trazeis à humanidade.
A palavra de Jesus, Verbo Eterno,
Guardáveis toda em Vosso Coração,
Refúgio triunfante para os homens
Que fazem penitência e oração.

3. No templo apresentastes Vosso Filho
E o anúncio da espada ecoou:
Dor que jorra da Cruz do Homem-Deus,
Dor que sobre a azinheira ressoou.
Ensinando a excelsa Sabedoria,
Encontrastes Jesus entre os doutores;
Mensagem que ensinais à multidão,
Pedindo a conversão dos pecadores.

4. Felizes seios, benditas entranhas,
Que geraram Jesus, o Salvador!
Alimentam a Igreja e o mundo,
Pregando o Evangelho do Amor.
Solícita nas núpcias dos esposos:
“Fazei tudo o que Ele Vos disser”;
Pregão que sai do alto da azinheira
Por Vossos lábios, ó Nova Mulher.

5. Dolorosa, de pé, junto ao Madeiro,
Gerastes, no Calvário, a humanidade;
As dores desse parto Vos trouxeram
Ao mundo que tem ânsia da verdade.
A alegria da gloriosa Páscoa
Sentistes, Virgem pura, ó Mãe Santa!
Vitória sobre o mal Vós nos pedis
- Eis a mensagem que Fátima canta.

6. No meio da Igreja que nascia
Recebestes o Espírito dos céus;
Viestes missionária à nossa terra,
Proclamando as maravilhas de Deus.
Junto com os discípulos de Cristo,
Oráveis na assembleia dos cristãos
E continuais orando pelo mundo,
A Deus levantais, ternas, Vossas mãos.

7. Gozando das primícias do Reino,
Habitais a Jerusalém do Céu
Donde viestes para nos falar,
‘stendendo sobre nós benigno véu.
À direita de Cristo, sois rainha
Ornada de ouro fino de esplendor;
P’ra lá nos qu’reis levar, ó Mãe bendita!
Àquela luz que é Deus, o Deus do Amor.

8. Vós sois, Senhora, a Mãe do Rosário,
Sois a Mãe da Alegria e da Luz,
A Mãe das Dores e a Mãe da Glória,
Mãe do Messias-Cristo que é Jesus.
Todos os dias seguimos, Senhora,
Vossa admirável recomendação:
Contemplar Jesus Cristo no Rosário
Para alcançar a eterna Salvação.

9. A Deus queremos nós oferecer-nos
E os sofrimentos todos suportar;
Orando pelo vigário de Cristo,
A vida plena ansiamos alcançar.
Reparando as vidas do pecado,
Suplicando, chorando nossas dores,
Dizemos: “Jesus, é por Vosso amor
E pela conversão dos pecadores”.

10. Visitastes o Povo que nasceu
Das águas do baptismo redentor,
Pedindo penitência e oração,
Pedindo conversão ao Deus-Amor.
Meditando de Cristo os mistérios,
Proclamando a mensagem que Deus faz
- É o mandato que trazeis, Senhora,
Para que o mundo inteiro alcance a paz.

11. Senhora do Rosário, ao Vosso nome,
Erguemos a capela, em oração;
Unidos à Igreja Universal,
Nela louvamos Cristo, Novo Adão.
Nela louvamos Cristo, nossa luz,
Com a chama da fé em nossa mão.
E as mãos alvas que alevantamos
São símbolo da paz e do perdão.

Partitura 

Fonte: http://www.santuario-fatima.pt/portal/index.php?id=44383

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Santa Maria Maior - Nossa Senhora das Neves


Celebração em 5 de agosto

É muito interessante a origem deste antiquíssimo título de Nossa Senhora, aliás contada por vários autores, entre os quais o P. Croiset no seu “Epítome Mariano”.

Foi no tempo do Papa Libério (362-366) quando em Roma governava o imperador Constâncio, que havia na cidade um casal muito abastado, João Patrício e sua esposa, o qual não tendo filhos, prometeu a Nossa Senhora toda a sua riqueza, pedindo-lhe que lhes dissesse, por algum sinal, a obra pia que desejava.

Na noite de 5 de agosto, os voventes e o Papa foram avisados em sonhos para construírem uma igreja no lugar marcado por uma camada de neve. Em Roma e no mês de agosto era autêntico milagre. Ao outro dia, a neve lá apareceu, no monte Esquilino.

Estava pois escolhido o local e a invocação de Nossa Senhora.

O santuário foi reconstruído um ano depois do Concílio de Éfeso, portanto em 432 e dedicado por Sisto III à Santa Mãe de Deus, em memória do célebre Concílio em que a Mãe de Jesus foi aclamada como verdadeira Mãe de Deus. Esta basílica, que mais tarde se chamou SANTA MARIA MAIOR, nome que ainda hoje tem, é a igreja mais antiga do Ocidente dedicada a Nossa Senhora. O seu dia litúrgico é ainda o dia 5 de agosto, em que se celebra a sua festa universal. Portanto, o nome de Nossa Senhora das Neves, que correu mundo, veio de Roma.

Fonte: P. José do Vale Carvalheira, in Nossa Senhora na história e devoção do povo português.
Imagem da Internet: Detalhe do interior da Basílica de Santa Maria Maior, em Roma

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Ariano Suassuna e Nossa Senhora Mediadora


Com Deus

Católico, Ariano levava para todos os lugares a imagem de Nossa Senhora gravada em uma medalha. Era ela que, segundo ele, mediava as conversas que tinha com Deus, principalmente, quando os pedidos eram muitos. "Converso muito com Deus, todos os dias. E entra muito assunto, muitos pedidos. Vergonhosamente, acho que tem mais pedido que agradecimento. Quando acho que estou incomodando muito, recorro a medianeira de todas as graças, que me acompanha a todo momento e para todo o lugar que vou, levo."
O Correio Braziliense de 23/7/2014
Ariano Suassuna (1927-2014)