segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Ó bela Senhora!



"Ó bela Senhora, concebida sem pecado,
Vestida de sol, com a Lua debaixo dos pés!
Vós sois o lírio formoso,
Rosa de suave odor e rico esplendor.
Sois a Palma da vitória, A Rainha da paz, a Estrela do mar.

Às vezes sois branca, às vezes negra, às vezes índia.
Sois Maria de todos os povos, Mãe Aparecida,
Rainha do Brasil.

Vivendo as alegrias deste Ano Jubilar
pelo Tricentenário do encontro de vossa imagem
nas águas do Rio Paraíba,
esta comunidade bendiz a Deus pelos inúmeros
benefícios que recebe de vossa misericórdia.

A vós recorremos, Santa Mãe de Deus,
não desprezeis as nossas súplicas.

Mostra-nos Jesus, ó Mãe Imaculada,
o fruto bendito de vosso ventre,
para que possamos crescer em fé e amor,
tornando-nos cada vez mais misericordiosos.

Confiantes, pedimos vossa poderosa intercessão
a fim de alcançarmos as graças que necessitamos.

Com alegria e profunda gratidão, nós vos saudamos:
Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, ...

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,
para que sejamos dignos das promessas de Cristo!"

Oração recitada no final das missas, na paróquia Imaculada Conceição Recreio, no âmbito da semana da padroeira. 

Que Nossa Senhora interceda e seja nossa estrela guia! 

Foto de Monique Silsan - Andor de Nossa Senhora da Imaculada Conceição - Recreio (dez/2016)

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Nossa Senhora de Nazaré - Rainha da Amazônia



Todo o segundo domingo de outubro, Belém do Pará fica em festa para celebrar a Rainha da Amazônia, Nossa Senhora de Nazaré.

Virgem de Nazaré, rogai por nós que recorremos a vós!



Imagem: Detalhe do Círio de Nazaré. Foto disponível na página da Basílica de Nazaré

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Paráfrase da Salve Rainha



No dia 8 de setembro, em que se comemora o nascimento de Nossa Senhora, compartilhamos este soneto:

Paráfrase da Salve Rainha

Salve dos Anjos ínclita Princesa!
Salve piedosa Mãe por quem bradamos
os tristes degradados, que arrastamos
as cadeias, de quem triunfaste ilesa!

A nós os olhos volve, aonde acesa
brilha a Misericórdia em quem esperamos!
As lágrimas consola, que choramos
no vale de amargura e torpeza.

Virgem Pura, das virgens Soberana!
Ouve os ais, os gemidos alivia
da frágil Geração da culpa insana.

Eia pois, ó Santíssima Maria!
Do mísero desaterro a turba Humana
Clemente à prometida Pátria guia.

Domingos dos Reis Quita (poeta português)
Nossa Senhora da Saúde - Laúndos  (Foto de José Marques)

domingo, 4 de setembro de 2016

Nossa Sennhora Aparecida nos jardins do Vaticano



O Papa Francisco inaugurou, em 3/9/2016, nos jardins do Vaticano, um monumento a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil e falou:

 “Estou contente de que a imagem de Nossa Senhora Aparecida esteja aqui nos Jardins. Em 2013, havia prometido retornar, no próximo ano, a Aparecida. Não sei se será possível. Mas, pelo menos, estou mais próximo dela aqui. Convido-os a rezar para que ela continue protegendo todo o Brasil, todo o povo brasileiro, neste momento triste. Que ela proteja os pobres, os descartados, os idosos abandonados, os meninos de rua. Que proteja os descartados que se encontram nas mãos dos exploradores de todo tipo. Que ela salve o seu povo, com a justiça social e o amor de seu Filho, Jesus Cristo”.

 Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!
Fonte: Portal Aparecida

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Assunção de Maria, mistério que diz respeito a todos


Neste 15 de agosto, Assunção de Nossa Senhora,  o papa Francisco falou aos fiéis da janela do Palácio Apostólico e lembrou que Maria nos precede na "estrada dos batizados" :

"O Evangelho da Solenidade da Assunção de Maria descreve o encontro entre Maria e a prima Elisabete, destacando que “Maria levantou-se e com pressa foi até a região montanhosa, em uma cidade de Judá”.

Naqueles dias, Maria corria em direção a uma pequena cidade próximo a Jerusalém para encontrar Elisabete. Hoje a contemplamos na sua estrada em direção à Jerusalém celeste, para encontrar finalmente o rosto do Pai e rever o rosto do seu Filho Jesus. Muitas vezes na sua vida terrena havia percorrido áreas montanhosas, até a última dolorosa estação do Calvário, associada ao mistério da paixão de Cristo.

Agora, a vemos chegar à montanha de Deus, “vestida como o sol, com a lua sob seus pés e, na cabeça, uma coroa de doze estrelas” e atravessar os limites da pátria celeste.

Ela foi a primeira a acreditar no Filho de Deus, e é a primeira a subir aos céus em corpo e alma. Inicialmente, acolheu e tomou conta de Jesus quando ainda era criança, e é a primeira a ser acolhida pelos braços de seu Filho para ser levada ao Reino eterno do Pai.

Maria, moça humilde e simples de uma vila perdida na periferia do império, justamente porque acolheu e viveu o Evangelho, foi admitida por Deus para estar pela eternidade ao lado do trono do Filho. É assim que o Senhor tira os potentes dos tronos e eleva os humildes.

A Assunção de Maria é um grande mistério que diz respeito a todos nós, sobre o nosso futuro. Maria nos precede na estrada para a qual são encaminhados aqueles que, diante do Batismo, ligaram a sua vida a Jesus, como Maria entrelaçou a Ele a sua própria vida.

A festa de hoje preanuncia os “novos céus e a nova terra”, com a vitória de Cristo ressuscitado sobre a morte e a derrota definitiva do mal. Para tanto, a exaltação da humilde moça da Galileia, expressada no canto do Magnificat, se torna canto de toda a humanidade, que se compraz no ver o Senhor que se inclina sobre todos os homens e todas as mulheres, humildes criaturas, e assume com Ele todos no céu.

Pensemos, em particular, às mulheres cansadas do fardo da vida e do drama da violência, às mulheres escravas da prepotência dos potentes, às meninas obrigadas a realizar trabalhos desumanos, às mulheres obrigadas  a renderem-se no corpo e no espírito à cobiça dos homens.

Que a elas possa chegar o quanto antes o início de uma vida de paz, de justiça, de amor, à espera do dia em que finalmente se sentirão seguradas por mãos que não humilham, mas que com ternura as reerguem e as conduzem pela estrada da vida até o céu.

E agora, nos voltemos com confiança a Maria, doce Rainha do céu, e a peçamos: “Doai-nos dias de paz, vigia o nosso caminho, faz que vejamos o teu Filho, cheios da alegria do Céu”.

Vítimas inocentes

Quero confiar mais uma vez à Rainha da Paz, que hoje contemplamos na glória celeste, as ansiedades e as dores das populações que em tantas partes do mundo são vítimas inocentes de persistentes conflitos.

O meu pensamento vai aos habitantes do Kivu do Norte, na República Democrática do Congo, que recentemente foram vítimas de novos massacres, que há muito são perpetrados no silêncio vergonhoso sem sequer chamar a nossa atenção. Fazem parte, infelizmente, de tantos inocentes que não têm peso sobre a opinião mundial."
Fonte: Rádio Vaticano

terça-feira, 28 de junho de 2016

Rogai por nós pecadores

Rogai por nós pecadores, "agora". Sim , agora, como ajuda do meu dia, para iluminardes com  a luz do vosso sorriso o meu trabalho, as minhas penas, as minhas alegrias, os meus temores, a minha pobreza.

Luiz Scalfaro

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Perpétuo Socorro



Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós que recorremos a vós!

Imagem de PASCOM - Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - Grajaú/RJ